e-mail marketing

Boas práticas para campanhas de e-mail marketing

Mesmo com a popularização das Redes Sociais e do Whatsapp, o e-mail marketing ainda é um dos mais importantes canais de comunicação profissional. Exatamente por isso, ele não deve ser deixado de lado nas estratégias de marketing digital. Afinal, 92% das pessoas adultas que estão online utilizam e-mails, sendo que 61% delas o utilizam todos os dias.

O e-mail marketing continua sendo uma ótima ferramenta para se comunicar com prospects, leads e clientes. Porém, é preciso utilizar este recurso de forma adequada. Siga as boas práticas de mercado para conseguir atingir seus objetivos, e não virar um spam.

Além de toda parte estratégica por trás de um e-mail marketing bem feito, existe uma série de requisitos a serem cumpridos. Nós relacionamos a seguir algumas boas práticas de mercado. Assim você poderá criar campanhas de e-mail marketing que cheguem de fato até a caixa de entrada do seu cliente.

  • Antes de criar o e-mail é preciso analisar sua lista de contatos e validar os endereços. Isso ajuda a evitar uma alta taxa de rejeição.
  • Procure utilizar um serviço de e-mail marketing. Você poderá personalizar seus e-mails, segmentar suas listas de contatos, acompanhar os resultados e gerar relatórios.
  • Na hora de criar seu e-mail fique atento ao formato. O ideal é que a largura da peça tenha entre 500 e 600 pixels. O HTML, junto com as imagens, não deve ultrapassar 50 kbytes (25 kbytes é o recomendado).
  • Hoje em dia 45% dos e-mails são lidos em dispositivos móveis, portanto, crie e-mails com design responsivo.
  • Evite utilizar recursos como Javascript, gifs animados, Ilayer, Iframe, divs absolutas, vídeo/flash e arquivos anexos. Eles são bloqueados pelos principais provedores.
  • Você pode (e deve) utilizar links ao longo da sua mensagem.  Eles devem abrir em uma nova janela e seu e-mail não deve conter mais que 32 links.
  • Inclua também links para suas páginas nas redes sociais. E use botões de CTA (call to action) que levem o destinatário a realizar uma ação.
  • Se quiser utilizar formulários em seu e-mail marketing, prefira links que redirecionem para o formulário externo ao invés de incluí-los no e-mail.
  • Evite links para arquivos com extensões exe, scr, e pif e também links para sites de hospedagem grátis como o cjb.net, o kit.net, para sites no HPG, entre outros.
  • Você deve utilizar imagens para deixar seu e-mail mais atraente, mas cuidado com os excessos para não ser bloqueado. É recomendável que seu e-mail tenha 60% de texto e 40% de imagens.
  • Não utilize imagens de fundo para o corpo da mensagem, pois alguns provedores não permitem esse tipo de visualização.
  • As imagens devem estar preferencialmente nos formatos GIF ou JPEG com resolução de 72 DPI.
  • Evite remetentes genéricos como contato@, marketing@, vendas@, etc., para não correr o risco de ser classificado como spam. Prefira remetentes personalizados e reais.
  • O assunto da sua mensagem não deve ser muito longo. Tente passar a mensagem principal do assunto em 20 caracteres e utilize no máximo 60. Também é possível incluir emoticons para chamar atenção.
  • Não utilize no assunto caracteres especiais e pontos de exclamação ou interrogação, pois podem ser barrados pelos filtros anti-spam.
  • Procure evitar palavras com acento ortográfico, pois as ferramentas anti-spam em geral não os reconhecem.
  • Usar todas as palavras do assunto em letras maiúsculas também pode fazer com que seu e-mail seja bloqueado, portanto evite este recurso.
  • Na medida do possível, personalize seus e-mails para obter maiores taxas de abertura.
  • Seja breve e objetivo em suas mensagens, pois na maioria das vezes as pessoas dão uma olhada rápida no conteúdo geral do e-mail em busca de palavras e imagens que lhe interessem. E e-mails muito longos podem ir para na caixa de spam.
  • Algumas palavras e expressões como urgente, grátis, promoção, oferta, desconto, dinheiro, venda mais, compre, oportunidade, carreira, renda, entre outras, são identificadas como suspeitas e classificadas como spam. Evite ao máximo usá-las, tanto no assunto quanto no corpo da mensagem.
  • Por fim, lembre-se de testar seu e-mail antes de dispará-lo para toda sua lista de contatos para garantir que sua mensagem será visualizada corretamente.

 

Gostou dessas dicas? Então confira nosso blog e veja mais dicas como essas sobre Marketing Digital, Redes Sociais e muito mais.

Se precisar de ajuda para criar suas campanhas de e-mail marketing, entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas.


Menu
Falar com a MKWebb
Como podemos te ajudar?